Economia Circular

Economia Circular



O ritmo de consumo dos recursos do planeta não pode ser superior à capacidade de regeneração por parte da natureza. Acresce que a capacidade do planeta em absorver os resíduos gerados pela nossa atividade está, aos poucos, a esgotar-se.

A CIMPOR, através do coprocessamento , disponibiliza um serviço seguro para a gestão de resíduos de indústrias e cidades, reduzindo os respetivos passivos ambientais e otimizando a forma como usamos os nossos próprios recursos através de:


•    Valorização energética e material de subprodutos e resíduos urbanos e de outras indústrias;

•    Identificação de parcerias com empresas de distintos setores de atividade com a finalidade de utilizar, como matérias-primas e combustíveis, resíduos e/ou subprodutos de indústrias que, de outra forma, seriam descartados sem valor económico e, em muitos casos, com prejuízos e passivos ambientais importantes.


A recuperação, reutilização e reciclagem de subprodutos ou resíduos industriais, de forma a reduzir o consumo de matérias-primas e combustíveis virgens constituem, atualmente, práticas industriais bem aceites e instituídas no mundo inteiro, desde que respeitados critérios muito rigorosos, nomeadamente, os da “hierarquia dos resíduos”.

É crucial que as indústrias se tornem cada vez mais inovadoras na forma como abordam os aspetos da utilização da energia, da recuperação, reutilização e reciclagem dos subprodutos e recursos endógenos atualmente disponíveis de forma a poderem continuar a ir ao encontro, de uma forma sustentável, dos requisitos de uma população mundial em crescimento e com acesso a níveis de consumo crescentes.

A utilização como matérias-primas e combustíveis, por parte da indústria, de subprodutos de outras indústrias, encontrando inspiração no comportamento, em circuito fechado, da maioria dos ecossistemas nos quais, em geral, não existe o conceito de desperdício. A CIMPOR tem procurado estabelecer parcerias industriais sólidas e duradouras com indústrias geradoras de resíduos e gestores de resíduos, como fonte de matérias-primas e combustíveis para a produção de produtos cimentícios, assegurando todos os padrões de qualidade e proteção ambiental.

A utilização de combustíveis alternativos na CIMPOR segue a legislação ambiental aplicável e cumpre critérios muito rígidos que passam pela interdição em utilizar internamente um conjunto de resíduos que não estejam previstos valorizar, caracterizados e constantes de uma “lista negra”.

O respeito por diretrizes desenvolvidas no âmbito da Cement Sustainability Initiative (CSI), relativas à utilização responsável de matérias-primas e combustíveis alternativos, segundo as melhores práticas atuais da indústria, apresenta uma abordagem em linha com os princípios do Desenvolvimento Sustentável.