CEM II/A-P 42,5 R

Acondicionamento

Viatura de 25 toneladas com meios de descarga próprios devidamente selado. 

Granel 25 toneladas

Palete plastificada -Tara perdida
56 Sacos de 25 kg – 1400 kg

Cimento Portland de pozolana constituído por clínquer e pozolana natural. Permite produzir betões de elevada resistência com especial vantagem nas classes de betão de C25/30 a C35/45.

80% ­≤ Clínquer ­≤ 94%;
6% ­≤ Pozolana natural ­≤ 20%;
Sulfato de cálcio como regulador de presa
(Pozolana natural: Produto Regional dos Açores).

  • Químicas
    • Sulfatos (SO3) ≤ 4,0%
    • Cloretos (Cl-) ≤ 0,10%
  • Físicas
    • Início de presa (min) ≥ 60
    • Expansibilidade (mm) ≤ 10
  • Mecânicas
    • Resistência à compressão
    • Valores mínimos
    • 2 dias: 20,0 MPa
    • 28 dias: 42,5 MPa
  • Betão armado
    • Indicado indistintamente para todas as classes, com especial vantagem nas de C25/30 a C35/45; 

  • Pré-fabricação
    • Elementos estruturais em betão armado e pré-esforçado;
  • Artefatos
    • Blocos de alvenaria e abobadilha;

  • Pavimentos rodoviários
    • Camadas de base e sub-base em betão pobre, solo cimento, camadas de desgaste.

Curva de crescimento mínimo

  • Desenvolvimento rápido das resistências mecânicas;
  • Elevadas resistências a todas as idades;
  • Grande leque de utilizações.
  • Respeitar as dosagens de cimento mínimas e a relação água/cimento máximas normativas;
  • Assegurar cura e proteção adequadas de acordo com as disposições normativas após a colocação em obra;
  • Não retirar cofragem nem remover escoramento antes do betão ter a resistência suficiente.
  • Em ambientes agressivos, e na betonagem de grandes massas, seguir as recomendações normativas e textos técnicos sobre o assunto;
  • Não recomendável para o fabrico de argamassas.
  • Usar vestuário de proteção, luvas e equipamento protetor para a vista/face adequados;
  • Para mais informações, consulte a Ficha de dados de Segurança.